Conheça 4 características do Marketing Cultural

A criação de uma campanha que gera empatia entre o público jovem e a empresa, precisa ser pensada minuciosamente. Por isso, no Marketing cultural, as estratégias devem levar em conta a opinião das atuais gerações para atingi-los positivamente.

Renovar a imagem da marca diante do mercado, pode parecer uma tarefa complicada, não é verdade? As ações precisam ser assertivas para estreitar o relacionamento com os potenciais consumidores e alcançar uma autoridade perante o segmento que atua.

Se você quer compreender melhor a cabeça do público jovem é necessário adequar as suas táticas da melhor maneira possível. Para lhe ajudar, vamos conceituar e listar 4 caraterísticas essenciais que precisa saber sobre o tema. Confira!

Afinal, o que é o Marketing cultural?

Se formos analisar, o conceito de Marketing cultural é relativamente novo, até por conta das inúmeras mudanças ocorridas na forma de impactar os clientes. Aproximar a sua marca usando esta estratégia, significa centralizar a comunicação com o público e posicionar os esforços para a cultura de um povo ou lugar em si.

Isto beneficia diretamente não apenas a organização, que resolve patrocinar algo do tipo, mas também os artistas envolvidos. Uma excelente oportunidade de difundir o nome do negócio perante os jovens e angariar a confiança deles, no sentido de que seus produtos ou serviços valem a pena.

No Brasil, o termo ganhou representatividade a partir do fim da década de 1980, principalmente por causa das leis de incentivo à cultura: Lei Sarney e depois a Lei Rouanet. Inegável que a visibilidade é maior quando o time de Marketing resolve focar em projetos culturais, tais como shows, exposições, peças de teatro etc.

Quais são as suas características?

Qualquer gestor da área de Marketing precisa ter atenção quanto a forma de aplicar esta estratégia para cumprir suas metas. A seguir, veja as principais características notadas neste segmento:

1. Oferecer vantagem competitiva

É óbvio que uma empresa, quando se preocupa com fatores que proporcionam uma experiência diferenciada para o público jovem, consegue se posicionar à frente das demais concorrentes. Isso é uma maneira de colocar em vigor os ativos intangíveis do seu negócio a fim de conquistar os possíveis clientes.

2. Contribuir com a cultura local

O jovem não gosta apenas de expressar o que pensa, mas também de sentir-se integrado e representado por algo que gosta e tem identificação. Utilizar do Marketing cultural é valorizar aquilo que é importante em termos de história e a forma da sociedade se expressar diante dos mais variados assuntos.

3. Trazer um diferencial para os jovens

Quando há um conhecimento do público que quer conquistar, o planejamento estratégico torna-se bem mais objetivo. Inovar é cruzar a barreira do que ainda não foi, se quer, imaginado; e os jovens adoram participar de situações que transbordam em criatividade.

4. Agregar o fortalecimento da imagem à responsabilidade social

Desenvolver uma ação de Marketing envolve diversos fatores e deve ter como propósito mostrar a preocupação que a empresa tem com o lado social e ambiental. Os Millennials cobram atitudes conscientes por parte das organizações, portanto contribuir com valores de cidadania ajuda a aumentar a relevância da marca.

Como funciona na prática?

Para que a tática de engajar o público jovem dê certo, no quesito Marketing cultural, é necessário firmar um objetivo claro e que corresponda com os interesses da empresa. As ações devem ser constituídas a partir do evento em si; se for um festival de música, por exemplo, coloque algo que tenha a ver com o tema e atraia as pessoas.

Perceba quais são as necessidades evidentes em um projeto cultural e foque nisso, pois quando uma empresa supri as carências de um povo, a tendência de empatia com a marca é maior. É preciso transmitir credibilidade e conhecimento acerca da situação para incentivar que os jovens interajam de forma efetiva.

Em resumo, o Marketing cultural é uma ferramenta que auxilia à sociedade, transformando a divulgação de uma marca em entretenimento e valorizando os pensamentos do mundo jovem.

Gostou deste artigo e das informações passadas sobre Marketing cultural? Lembrou de algum evento com uma ação promocional inesquecível? Então deixe o seu comentário no post e compartilhe com a gente esse momento que presenciou!

 

  • Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agência Euphoria 2017 - © Todos os direitos reservados