Marketing de ativação: aproxime sua marca do público jovem

Ao longo da história do mercado, as estratégias para atrair consumidores mudaram muito. Alguns profissionais bombardeiam seu público-alvo com publicidade ou focam em demasia em uma única forma de divulgar as marcas, o que nem sempre é eficaz, principalmente se tratando do público jovem.

Criar uma consciência sobre a marca, aproximando-a do cliente, exige um trabalho minucioso e bem específico, o que é possível com o marketing de ativação. Você entende o significado desse conceito? Sabe quais são as vantagens de implementá-lo e como utilizá-lo?

Essas dúvidas permeiam a cabeça de muitos gestores e, neste artigo, as esclareceremos a fim de ajudá-lo a ter mais eficácia em suas estratégias. Confira!

O que é o marketing de ativação?

Antes de explicar o conceito da expressão, é preciso entender o contexto no qual ela está inserida. No marketing existem divisões como os “4 Ps” (Produto, Preço, Praça e Promoção) e os “4 Cs” (Cliente, Conveniência, Comunicação e Custo). No entanto, você sabia que também existe uma divisão denominada “4 As”?

Pois bem, ela é utilizada para descrever as interações da organização e seus componentes mercadológicos, sendo subdividida em Análise, Adaptação, Ativação e Avaliação.

É justamente no terceiro ponto que se encontra o marketing de ativação. Ele é antecedido por uma análise de variáveis internas e externas, adequação dos produtos e serviços da empresa e precedido pela avaliação dos resultados.

Logo, podemos definir a ativação como a maneira como um produto ou serviço será colocado no mercado. A ideia é aumentar no público a consciência sobre um produto, de tal modo que ele se lembre de determinada marca na hora de realizar uma compra. Isso pode ser feito em diversos canais online e offline.

Para saber exatamente se uma marca está ativa, o teste é simples. Se o consumidor reconhece o valor e a utilidade que a marca tem um sua vida, associando a ela emoções e memórias, tanto negativas quanto positivas, isso significa que houve a ativação.

Nesse sentido, é interessante ressaltar que isso pode ser feito durante toda a vida útil de um produto ou serviço e que, portanto, a organização deve se preocupar em gerar valor constante para o seu cliente.

Quais os benefícios dessa ativação?

Dada essa característica do marketing de ativação  a geração de valor para o cliente —, é de se esperar que as vantagens da estratégia sejam variadas. Entre elas podemos destacar:

Aproximar a marca de uma maior quantidade de pessoas

Uma das características  que pode também ser considerada uma vantagem do marketing de ativação  é que ela pode ser trabalhada para que o maior número de pessoas lembre-se dela no momento de decisão de compras.

Dependendo das ações que forem colocadas em prática, um grande número de pessoas será atingido  especialmente quando falamos sobre uma estratégia que se torna viral.

Melhorar o ROI da empresa

Uma das maiores preocupações das empresas no mercado atual é justamente com o investimento que será feito e, consequentemente, com o seu retorno. Quando uma estratégia de marketing é bem trabalhada, o ROI aumenta o faturamento e cria oportunidades de investimento para a companhia.

Por si só, isso representa uma vantagem competitiva para o negócio. Afinal, se a ação é estruturada e gera valor para o cliente, a empresa também ganha e pode continuar investindo em novas ações estratégicas.

Encontrar soluções criativas

Um dos maiores benefícios do marketing de ativação é que não será preciso investir milhões em um evento, por exemplo, para impactar o público. A ideia dele é justamente encontrar soluções criativas e que chamem a atenção da audiência sem que necessariamente seja preciso gastar todo o orçamento disponível.

Logo, é de suma importância que uma agência capacitada e com experiência nesse mercado seja contratada. Isso dará maior segurança ao investimento e trará resultados mais satisfatórios para a marca. Lembre-se de que ela é o seu ativo mais importante, então todo cuidado é pouco.

Como colocar a estratégia em prática?

A seguir, você conhecerá algumas das principais dicas para colocar a sua estratégia de marketing de ativação em prática!

Evento

Antes de qualquer coisa, é preciso entender que uma ação de marketing de ativação envolve planejamento para que você atenda as expectativas dos seus clientes. Logo, o evento precisa criar algo memorável na mente do consumidor.

Além disso, ambas as marcas (da sua empresa e do evento) precisam ter uma sinergia e conversar com o mesmo público. Muitas marcas têm feito associação com grandes eventos musicais como Rock in Rio e Lollapalooza, por exemplo.

É o caso da Heineken, que em 2013 patrocinou o Lollapalooza, e teve sua marca divulgada nos materiais gráficos do evento e investiu em ações no dia do festival  como a colocação de uma roda gigante para que os espectadores pudessem se divertir.

Ação digital

Outra maneira de fazer com que o seu marketing de ativação dê resultado é por meio de ações em canais digitais. Com a maior presença dos consumidores nesses meios, fica mais fácil se comunicar e fazer com que uma marca seja lembrada por eles se ela estiver presente onde eles estão.

A Halls tem feito isso há algum tempo. Não é de hoje que a marca de balas expande as suas ações no mundo digital e gera buzz na mídia com estratégias inusitadas. Entre elas vale citar a abertura de uma agência de empregos inusitados, na qual havia vagas para degustador de cervejas, por exemplo.

A ideia foi trazer o diferencial para a vida dessas pessoas, sempre levando em consideração o jeito Halls de ser  o que inclui, por exemplo, o estímulo às novas experiências e descobertas.

Interação offline

Outra possibilidade é trabalhar em estratégias offline. Foi o que a Coca-Cola fez há alguns anos ao colocar o primeiro ponto de vendas próprio em uma praia de Copacabana. A ideia era estimular a interação dos cidadãos.

Para isso, eles tinham que ir até o quiosque e apertar um botão, que disparava uma mensagem do presidente da marca. Em seguida, a máquina oferecia uma garrafa da bebida produzida pela empresa e, após toda essa experiência, o consumidor ainda levava um brinde para casa  no caso, um copo personalizado da Coca-Cola.

Como vimos neste artigo, o segredo do marketing de ativação é justamente a criatividade. Ela tem uma capacidade inimaginável de despertar nas pessoas um reconhecimento da marca. Por esse motivo, as empresas que desejam manter-se competitivas precisam investir nesse tipo de estratégia para fidelizar o seu público.

E então, você gostou do nosso artigo? Que tal compartilhá-lo nas suas redes sociais? Assim, você mostra para outras pessoas os segredos de um marketing de sucesso!

 

  • Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agência Euphoria 2017 - © Todos os direitos reservados